O trabalho está onde você está



Ao mesmo tempo em que eu vejo manchetes de matérias em sites como esse aqui sobre home office e futuro do trabalho, a verdade é que o Brasil e o brasileiro ainda estão muito longe de entender que não existe mais horário de trabalho e turno. Que seu local de trabalho pode ser qualquer um. Que autonomia e responsabilidade, para a força de trabalho daqui pra frente, andam de mãos dadas.

De alguns anos para cá e, especialmente, por conta da evolução da conectividade móvel, o trabalho em diversos países do mundo acontece o tempo todo e em qualquer lugar, se misturando cada vez mais como a vida pessoal. Está cada dia mais difícil criar separação entre os dois, tanto para a empresa quanto para seus colaboradores.

O fato é que cada um de nós quer o melhor: ao trabalhar, ter o máximo de sua energia como colaborador e, ao demandar trabalho, poder ter o melhor do seu colaborador. Isso significa uma mudança cultural profunda que, nos EUA, já aconteceu e vem virando realidade para mais e mais gente há anos. O fim dos limites de horários, o fim do local formal de trabalho. A expansão dos co-workings e aquele monte de gente trabalhando no Starbucks.

A verdade é que não é o fim do limite; é que a fronteira ficou móvel.

Para ler na íntegra, clique aqui.